A conscientização da importância dos Técnicos de Segurança do trabalho na valorização do Conhecimento e da ética profissional

Laudos Técnicos

Nossa história funde-se à história moderna do nosso país. Passamos por crises, revoluções, diferentes governos, conquistas e derrotas. Mas a nossa missão se mantém firme no propósito de buscar o cumprimento dos direitos garantidos aos Técnicos de Segurança do Trabalho do Estado de Sergipe, bem como alcançar novas conquistas na melhoria da qualidade de vida e de trabalho dos nossos profissionais. O Nosso objetivo é: A conscientização da importância dos Técnicos de Segurança do trabalho na valorização do Conhecimento e da ética profissional, enquanto agentes sociais de mudança.


É assustador, mas cerca de 2,7 milhões de mortes, ocorrem em decorrência do trabalho, em todo o mundo. Conforme registros do MTE, existem atualmente 330 mil profissionais formados e habilitados em nosso país, dos quais 85 mil empregados com vínculo conforme CLT, 15 mil trabalhando em outras modalidades de relação de trabalho em SST, e 230 mil profissionais formados, contudo, fora do exercício da profissão ou desempregados. O PIB global é impactado em aproximadamente 4%, o que significa, trocando em miúdos, 2,99 trilhões de dólares por ano investidos em remediações de acidentes e doenças do trabalho. E os números não param por aí: somente na Justiça do Trabalho brasileira, 11 mil novas ações trabalhistas ocorrem por dia, e são gastos, desnecessariamente, 80 bilhões de reais, um verdadeiro desfalque nos cofres públicos.


Precisamos garantir, desde já, que os pilares mobilizadores desta categoria, não feneçam diante dos grandes embates opressores da política brasileira, visto que, os caminhos futuros agirão por si só, desde que, estejamos predispostos a defender hoje, um propósito verdadeiramente construtivo, portanto, que não nos falte Conscientização, Conhecimento, Ética Profissional e o íntegro desejo de mudanças. Cada profissional deve responder pelas suas competências, como deve estar em plena condição para desempenha-las, além do que, no Brasil, a Legislação de Segurança do Trabalho, compõe-se de Normas Regulamentadoras, leis complementares, e também de convenções Internacionais da OIT, ratificadas pelo Brasil, que devem ser estudadas, interpretadas, operacionalizadas, e cumpridas, de modo que, desta forma, conseguiremos reduzir os índices de fatalidades, e de ocorrências indesejadas nas empresas do país.


Sandro de Menezes Azevedo


Técnico em Segurança do trabalho


Consultor Técnico em Gestão de Riscos em Ambientes Hospitalares


Presidente/ASPROTEST


Presidente/ABRATEST-SE


Diretor de Assuntos Jurídicos e de Eventos - SINTEST/SE


Diretor de Comunicação Integrada/ABRATEST


2º Secretário Geral FENATEST

31/03/2019 22:36:51
2 curtidas

Excelente leitura Sandro, parabéns!

22/06/2020 19:48:17
1 curtir